Um divórcio não tem que ser uma guerra.

Sabemos que não é fácil, mas mesmo quando existem conflitos e desentendimentos diversos, estes podem ser contornados e até evitados, se se agir atempadamente e com discernimento. Não abra mão do seu poder de decisão sobre o seu futuro e o futuro dos seus filhos deixando que os problemas se adensem ao ponto de terem que ser resolvidos por um juiz.

Um divórcio não tem que ser dramático.

 

Um divórcio é só um projeto de vida que não correu bem. Custa a aceitar, tal como qualquer mudança, mas não é o fim do mundo. A adaptação a novas rotinas e a um novo recomeço torna-se mais fácil quanto mais cedo se resolverem as questões práticas. Conciliando interesses e fechando acordos, outros caminhos, necessidades e interesses surgirão naturalmente. A Mediação Familiar pode ajudar na desconstrução das ideias negativas que surgem, frequentemente, associadas ao divórcio.

O divórcio não tem que ser o fim.

Por vezes, ainda que tudo pareça estar resolvido, a fragilidade emocional de algumas pessoas não lhes permite que avancem. Seja por falta de uma estrutura de apoio familiar sólida, seja por acomodação, insegurança  ou outra causa, é normal que algumas dificuldades persistam. Nesses casos é importante que não se isole no problema e que peça ajuda.

Os filhos de pais divorciados não são crianças diferentes e não têm que ser infelizes só porque os pais se divorciaram.

Não é o divórcio em si que traumatiza as crianças mas a forma como este é vivido pelos pais e percecionado pelos filhos. É importante que os pais continuem a sentir-se responsáveis pelos seus filhos e que preservem uma conduta coerente, afectiva e educativa. Se os pais tiverem todos os cuidados e a atitude correta para com os filhos, conseguindo separar o conflito dos interesses das crianças e ainda assim suspeitarem que eles estão a lidar mal com a situação, considerem a hipótese de uma consulta de aconselhamento.

 

 

Faça uma marcação Ligue ou mande um email para marcar uma sessão de Mediação ou para saber mais sobre o nosso trabalho.